segunda-feira, 26 de novembro de 2012

O GIGANTEN DE CADA DIA


Em uma das mais belas histórias do Antigo Testamento temos o relato da maior luta de todos os tempos. Um experiente guerreiro lutou contra um menino que cuidava das ovelhas de seu pai e por acaso  havia chegado no acampamento de guerra. A batalha entre Israel e os filisteus se transformou na luta entre Davi e Golias. 

O gigante chamado Golias que lutava do lado dos filisteus usava uma armaduras de bronze que o cobria dos pés à cabeça. Ele trazia consigo uma imensa lança, espada, seu escudo e sua larga experiência de lutas. Por sua vez, o garoto chamado Davi que trazia consigo cinco pedras, um estilingue, seu cajado, seu Deus, sua fé e a unção que receberá para reinar sobre seu povo. 

O seu desafio era impossível, mas na frente de Daví havia um Deus Todo Poderoso que nunca abandona,  nunca falha e nunca desampara.

O gigante pedia um homem para lutar contra ele. Todos os soldados de Israel foram treinados para lutar em grupo, combater outro exército, obedecer comandos. E não colocar homens para lutar homem a homem numa disputa com lutadores profissionais.   O gigante os insultava insistentemente e após 40 dias de humilhação, eles se encontravam totalmente arrasados.
Logo pela manhã, quando o exército de Saul o rei de Israel se punha em posição, a tormenta começava. O gigante impos sobre eles uma grande pressão psicológica, os humilhando e minando suas últimas forças. (1 Samuel 17:8-10).

Os filisteus estavam apostando no cansaço de Israel diante da sua incapacidade de enfrentar aquele imenso desafio. Israel só tinha duas saídas, se entregar sem maiores danos para si próprio ou acreditar numa providência divina. 

A pedido do seu pai, Davi foi até o campo de batalha para ver seus irmãos. Chegando lá, ele ouviu os berros do gigante humilhando o povo de Deus. Neste momento o Espírito do Senhor se apoderava dele assim como nos velhos tempos de Sansão. O seu sangue ferveu dentro dele, fazendo com que seu corpo fosse tomado por uma força sobrenatural.

Davi perguntou: "O que darão para aquele que ferir este filisteu e tirar a afranta de israel". Depois, ele se prontificou a lutar e foi apresentado ao rei.

Antes de continuarmos vamos dar uma pequena pausa para analisar a desonesta e maldosa estratégia dos filisteus.

1. Forçar uma mudança repentina obrigando-os a ajustes.
2. Apresentar um elemento surpresa não lhes dando chance de reação.
3. Fazer grande pressão psicológica para acabar com suas forças.

Tudo isto no tempo em que eles enfrentaram a maior batalha da vida deles, se não bastasse o estresse da guerra em si, agora tinham que lidar com uma repentina  mudança, um terrível gigante que surgiu e tudo isto debaixo de grande pressão.

Logo que Davi se ofereceu para lutar, o seu irmão mais velho começou a afrontá-lo e ferí-lo com palavras desmoralizadoras. Davi se desviou dele e foi falar com o rei. Um conselho "não fique preso ao irmão que te ofende, não é ele a sua luta, você foi chamado para lutar com gigantes e não com o irmãozinho, não entre em batalha errada, não perca o alvo, isto é desvio de foco!"

Davi não causou boa impressão no rei, porém, ele não se deixou levar pelas palavras e nem pela visão de quem quer que seja a seu respeito. Ele já havia sofrido um bucado na vida, foi treinado num terrivel e solitário deserto, matando ursos e leões para sobreviver.
O gigante Golias era muito forte e suas palavras tinham poder destrutivo. Mas, Davi era ungido pro Deus e suas palavras eram mais forte que as palavras do gigante. Golias correu ao encontro de David como louco e David correu em direção à Golias como se fosse esmagá-lo debaixo dos seus pés. Davi matou o gigante e consolidou a vitória ao cortar-lhe a cabeça com a espada do próprio gigante.  

Agora o que podemos aprender com Davi:

1. Há uma recompensa para a sua luta no Senhor.
2. Há um propósito de Deus para sua vida neste lugar.
3. Não se enxergue segundo os olhos dos outros.
4. Não viva das experiências dos outros.
5. Não vista as armaduras dos outros.

Conclusão:

A cada dia temos um gigante para vencer. Talvez você esteja agora enfrentando um grande e terrível gigante em alguma área da sua vida. Talvez seja um sentimento de incapacidade, medo, dúvida,  ansiedade ou um gigante da culpa. Talvez o gigante da afronta, humilhação ou das portas fechadas. Pode ser que tenha se levantado um gigante dentro da sua casa ameaçando a sua família, talvez no seu emprego, na área financeira e emocional ou na saúde. E isto tem te abatido muito e tem te feito perder as suas forças.

Ainda você precisa invocar o nome do Senhor em cada área da sua batalha. Não fuja do seu gigante, mas no nome de Jesus vai para cima dele, acerta ele de vez e depois corte-lhe a cabeça. Para que ele não se levante nunca mais contra a  sua vida. As vezes precisamos fé, mas só fé não basta se não tivermos ousadia de fazer aquilo que sabemos que Deus está nos mandando fazer. Vai e o Senhor será contigo. No nome do Senhor Jesus o teu gigante cairá hoje, o teu gigante de cada dia será também a tua vitória de cada dia, para a glória do nome do Senhor!

Deus te abençoe em nome de Jesus!

Pr. Antonio Cesar Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário